Mais de mil obras paradas no país serão retomadas

496

Mais de mil obras paradas em todo o país vão ser retomadas até o meio do ano que vem. O anúncio foi feito no mesmo dia em que o governo divulgou que cerca de um milhão de beneficiários do Bolsa Família não vão receber o pagamento neste mês por suspeita de fraude.

 

A entrega da Ordem do Mérito cultural reuniu do Planalto, alguns dos mais importantes músicos do país, uma solenidade que custou quase seiscentos mil reais. A principal homenageada foi a compositores sambista dona Ivone Lara Airbus. O presidente Temer prometeu aumentar o orçamento do Ministério da Cultura no ano que vem. Tentamos mais de quarenta por cento do orçamento destinado ao Ministério da Cultura e das dezassete.

Mais cedo em reunião com nove ministros Temer fechou a lista de obras paralisadas que serão retomadas até meados do ano que vem a maior parte das mil cento e vinte pequenas obras e de saneamento urbanização e creches, um dos objetivos é criar cerca de quarenta e cinco mil empregos, o custo dois bilhões de reais que sairão dos cofres do Governo Federal já o Ministério do Desenvolvimento Social e agrário anunciou que mais de um um milhão e cem mil beneficiários do Bolsa Família não receberam este mês é o resultado de um pente fino que detectou irregularidades em cerca de oito por cento dos quase quatorze milhões de benefícios pagos pelo programa a maior parte famílias que têm renda superior à prevista pelo programa só deve receber o Bolsa Família quem comprovar renda mensal per capita de até oitenta e cinco, o reais quatrocentos e sessenta e nove mil benefícios serão cancelados e seiscentos e cinquenta e quatro mil bloqueados para a prestação de esclarecimentos no prazo de até três meses depois disso, haverá cancelamento outros um milhão e quatrocentos mil beneficiários estão convocados atualizar o cadastro junto ao programa, o grupo de benefícios cancelados inclui as treze mil famílias que usaram recursos do programa para fazer a doação eleitoral.

O governo estima economizar dois bilhões e quatrocentos milhões de reais com a medida e garantir que o dinheiro vai ficar nos cofres do ministério, o que nós estamos fazendo não é cortar. Recursos da área social desses recursos ficaram dentro do MDS inclusive porque aprovou a programação orçamentária nossa para o ano que vem em relação ao Bolsa Família. É bem maior. Nosso Ministério da Cultura justificou os gastos da cerimônia disse que a ordem do Mérito cultural a entrega vinte e dois anos para reconhecer personalidades que divulgam a cultura brasileira. O ministério informou ainda que a cerimônia deste ano foi planejada por seis meses, quando se abriu a consulta para indicar os nomes dos agraciados e que as contratações estão de acordo com a lei de Licitações.

Deixe seu comentário aqui...