Novas locações de imóveis em SP crescem 13%

450

O fechamento de novos contratos de locação residencial na cidade de São Paulo cresceu 13% nos meses de setembro, outubro e novembro deste ano, na comparação com igual período de 2015.

O dado é da Lello, imobiliária e administradora paulistana com 18 filiais na capital paulista, Grande ABC, interior e litoral.

Segundo a empresa, no período avaliado os valores médios das locações ficaram em R$ 2.400, similar ao registrado nos meses de agosto, setembro e outubro de 2015, que foi de R$ 2.200, mas sem considerar a inflação acumulada.

Os tipos de imóveis mais procurados foram apartamentos de dois dormitórios com uma vaga na garagem e situados em regiões próximas a estações de metrô.

Para Roseli Hernandes, diretora da Locação da Lello Imóveis, a flexibilidade dos proprietários na hora de negociar tem ajudado a acelerar o fechamento dos contratos.

“Além das negociações na hora do fechamento do negócio, em alguns casos os locadores também têm concedido isenção de multa de rescisão após o 12º mês da locação e ainda estão se preocupando mais em manter o imóvel em boas condições”, diz Roseli.

Ainda conforme o levantamento da Lello, o tempo médio em que um imóvel fica desocupado até ser alugado ficou em 45 dias, mesmo prazo de 2015, apesar de ter crescido a oferta de imóveis vagos na cidade de São Paulo.

Deixe seu comentário aqui...